Instituto humanize

Conexões em rede

Pessoas e territórios em transformação.

Role a página para
saber mais

O Instituto humanize (Ih) é uma instituição do terceiro setor que busca contribuir com a transformação de territórios e o fortalecimento de capacidades individuais e institucionais. Nessa direção, o Ih trabalha para promover um desenvolvimento mais sustentável e a coexistência mais harmônica entre pessoas e recursos naturais.

Para isso, o humanize atua em colaboração com um ecossistema que integra filantropia, investimento privado, negócios de impacto e setor público, de forma a potencializar recursos e competências. Além de iniciativas de apoio direto, hoje o Ih possui dez parcerias ativas entre alianças, parcerias estratégicas e cofinanciamentos.

Acreditamos que podemos fazer parte de um ciclo virtuoso de experiências para colaborar com a regeneração de indivíduos e territórios no Brasil.

Biomas e Territórios

O humanize apoia projetos de alcance nacional, mas trabalha para integrar ações especialmente na Amazônia (Pará e Amazonas), Caatinga (Piauí), Cerrado (Goiás, Minas Gerais e Bahia) e Mata Atlântica (Sul da Bahia, Paraty/RJ e Rio de Janeiro/RJ).

Cadeias da Sociobiodiversidade

Com o intuito de promover o impacto positivo em territórios e na vida de populações em situação de vulnerabilidade socioambiental, o Ih apoia projetos de fomento às cadeias da sociobiodiversidade, sobretudo para torná-las mais estruturadas e competitivas, com foco nas vocações e potencialidades locais.

Nossos Programas

O trabalho da instituição acontece a partir dos programas de Uso Sustentável, Empreendedorismo e Negócios de Impacto Socioambiental (NISA), Gestão Pública e Desenvolvimento de Organizações da Sociedade Civil (DOSCs). Já Educação e outros temas (nomeados como ‘Projetos Especiais’) são transversais e completam a atuação.

Equipe

Fabio Medeiros

CEO

Gláucia Macedo

Programática

Gerente

Michele Rocha

Operações e Desenvolvimento de OSCs

Gerente

Tatiana Fauza

Comunicação e Relações Institucionais

Gerente

Eline Martins

Programática

Gerente

Joice Garcia

Desenvolvimento de OSCs

Coordenadora

Laura Bollick

Programática

Especialista

Bruna Martins

Operações

Analista

Carolina Freitas

Desenvolvimento de OSCs

Analista

Francisco Veras

Comunicação e Relações Institucionais

Analista

Isabel Bastos

Operações

Assessoria Executiva

Juliana Fagundes 

Programática

Analista

Luana Santos

Programática

Analista

veja mais membros

Linha do Tempo

2022

2021

2020

2019

2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

OLHANDO PARA O FUTURO

Início de um novo ciclo com dez parcerias ativas, as quais são responsáveis pela gestão compartilhada de mais da metade do portfólio de projetos. Há, ainda, um direcionamento de estratégias que envolvem articular instituições e setores; fortalecer capacidades individuais; e desenvolver capacidades institucionais de forma cada vez mais focada em territórios e populações em situação de vulnerabilidade socioambiental (com baixo aproveitamento de suas potencialidades quando se trata de promover um desenvolvimento mais sustentável). Há, portanto, um processo de transição em que os aprendizados anteriores conduzem a instituição para um novo período – que aponta para a continuidade de sua estratégia programática e gestão de portfólio, mas buscando, de forma consciente, alcançar maior impacto territorial.

AVALIAÇÃO DO PRIMEIRO CICLO - REFLEXÕES, APRENDIZADOS & PLANEJAMENTO DE UM NOVO TRIÊNIO (2022 - 2024)

O ano é marcado pelo processo de transição entre o encerramento do primeiro ciclo, incluindo a análise de seus primeiros resultados, e o início de um novo triênio. É um período conclusivo para o planejamento estratégico que guiará a atuação do humanize a partir de 2022.

Blended Finance e Desafios diante da Pandemia

Estruturação de mecanismos blended finance para as cadeias da sociobiodiversidade trabalhadas nos territórios prioritários do humanize. Fortalecimento das redes de colaboração e reavaliação da atuação; incluindo redirecionamento de recursos para ações emergenciais de combate à Covid-19.

Desenvolvimento Institucional

Criação de um programa para fortalecimento e desenvolvimento institucional das Organizações da Sociedade Civil.

Alavancagem de 65% no investimento em projetos com parcerias.

Período concluído com 69 projetos ativos e 14 alianças em diferentes fases de implementação.

Desenvolvimento de Estratégia e Criação do Conceito de Aliança

Ano marcado pela transição do portfólio do ISP e pelo desenvolvimento da estratégia do humanize, além da definição de sustentabilidade e geração de renda como importantes causas. Também foram criados os Programas de Uso Sustentável, Empreendedorismo e Negócios de Impacto Socioambiental (NISA) e Gestão Pública.

Ainda foi o ano da criação da Aliança para Liderança de Impacto no Setor Público e no Terceiro Setor, formada por Fundação Brava, Fundação Lemann, República.org e humanize. A criação da aliança foi um movimento que reforçou a importância da inovação para o humanize, bem como dos conceitos de parceria e cofinanciamento.

Nascimento do humanize

Instituto humanize é criado para administrar o portfólio de Investimento Social Privado de seus filantropos, José Roberto Marinho e família.

Empreendedorismo e NISA

Início do portfólio de empreendedorismo, o que se deu a partir do projeto do ‘Centro de Empreendedorismo da Amazônia’.

Bahia

Início do ISP na Bahia, com o projeto ‘Parques para Prosperar’, da ‘CI – Brasil’.

Pará

Início do ISP no território do Pará com o projeto ‘Pará Sustentável’.

Gestão Pública

Criação do ‘Programa Juntos’, o que marcou o início do ISP no campo da gestão pública.

Educação

Início de apoios em Paraty (RJ), com o primeiro aporte ao projeto ‘Parceiros da Educação’.

Início do ISP

Início do Investimento Social Privado (ISP) com o ‘Projeto Sertões’ (‘WWF’), voltado às cadeias de produtos da sociobiodiversidade no Cerrado.